Dayse Cristina Oliveira Melo | Amamentação e Sono

Leite materno ou mamadeira?

Conheça mais alguns mitos sobre a amamentação

Publicado em 22/06/2018

Dayse Cristina Oliveira Melo

Dayse Cristina Oliveira Melo - Amamentação e Sono

Colunista
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Leite materno ou mamadeira?

Em continuidade aos esclarecimentos sobre os mitos que cercam o Aleitamento Materno, temos:

1.     Eu ouço tanto falarem que leite em fórmula é a mesma coisa que o Leite Materno. E, agora?

 

O Leite Materno possui todos os nutrientes que o bebê precisa e na proporção exata, quantidade de líquido, gordura e proteína.

 

Exatamente por isso, não necessita de complementação artificial. O ideal seria, antes de entrar com o processo artificial de ingestão de leite, acompanhar a díade, mãe e bebê, no processo de Aleitamento Materno.

 

Um bom acompanhamento e entendimento do processo em si faz toda diferença no seu sucesso.

 

O Leite Materno funciona como uma vacina natural porque possui inúmeros anticorpos, que protegem contra várias doenças.

 

Assim, não existe leite fraco e nem comparação com o leite artificial. Entendemos a necessidade de indicação da fórmula artificial, mas em casos bem particulares porque desejamos que o processo de Aleitamento seja assistido em primeiro lugar.

 

2.     E a mamadeira deve ser utilizada?

 

Um utensílio muito utilizado é a mamadeira. Entretanto, mamar diretamente no peito é um ótimo exercício para o desenvolvimento dos músculos da face e alinhamento adequado dos dentes, beneficiando a fala e a respiração da criança, entre outros.

 

Há uma diferença entre mamar no peito e na mamadeira quanto ao desenvolvimento mecânico e orofacial do seu filho. Ele movimenta músculos diferentes e que refletem no seu desenvolvimento.

 

Além disso, a vazão de leite oferecida pela mamadeira é mais rápida do que quando o bebê suga diretamente o seio da mãe. E, isso não contribui para sua permanência em aleitamento direto e contato pele a pele com a mãe.

 

Alguns bebês mamam seio e mamadeira e outros não. O que estamos certos é de que a oferta do estímulo é diferenciada e que, isso por si só, já gera o risco.

 

Amamentação e Sono são temas da minha palestra no Curso para Gestantes da Somos Mães, acesse o link, veja a programação e participe.

 

Compartilhem nossos textos e nossas redes para que mais mães tenham acesso a essas informações.

 

@amamaenasceuassessoria

@somosmaesdeprimeiraviagem

 

 

 
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Sobre o colunista

Dayse Cristina Oliveira Melo

Consultora Materna Especialista em Aleitamento Materno
Consultora do Sono Infantil 
Proprietária da A Mamãe Nasceu Assessoria
Mãe do Henri e esposa do Carlos