Fga. Haydée B. L. Zamperlini | Fonoaudióloga

Parece cólica, mas pode ser refluxo

O Refluxo Gastro Esofágico é comum em recém nascidos

Publicado em 26/07/2018

Fga. Haydée B. L. Zamperlini

Fga. Haydée B. L. Zamperlini - Fonoaudióloga

Colunista
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
Parece cólica, mas pode ser refluxo

O refluxo gastro esofágico (DRGE) conhecido como refluxo ácido  ocorre em todas as idades em especial em bebês, podendo se estender até a  primeira infância. Este refluxo é ocasionado pela imaturidade do aparelho digestivo.

 

A boca e a garganta são os canais que levam o alimento e líquidos ao esôfago antes de eles chegarem ao estômago.   É característico  e comum ocorrer em bebês novinhos e geralmente entre 6 meses e 1 ano a tendência é diminuir o sintoma.

 

Normalmente o problema desaparece espontaneamente  quando o aparelho gastrointestinal amadurece. Este refluxo provoca choro constante e incomoda ao bebê e aos pais.

 

O bebê se alimenta nos primeiros 6 meses de líquidos. Ao invés de seguir para o caminho do estômago pode seguir na contramão, ocasionando o refluxo.

 

Este processo do esôfago para o estomago, ou vice-versa, pode resultar em azia provocado pela acidez do estomago. Sim, estes bebês podem sentir azias mas não sabem relatar este mal estar. O refluxo em bebês podem ocorrer sem regurgito, podendo assim ser confundido com cólicas.

 

Importante salientar que um profissional deve avaliar o que realmente está acontecendo com seu bebê  e orientar sobre a forma e posição adequada para alimentá-lo.

 

Mesmo acontecendo o desaparecimento espontâneo do refluxo nos primeiros meses é necessário um atenção redobrada no momento da introdução dos alimentos sólidos, após 6 meses.

 

O início da mastigação e a escolha dos alimentos, textura, forma de oferecer levará uma melhor adaptação a nova alimentação e digestão, obtendo  sucesso sem o retorno do refluxo.

 

Vários profissionais como Fonoaudiólogo, Nutricionista e Pediatra  estão envolvidos neste momento, procure a orientação necessária quando houver dúvidas.

 

Acompanhe nossa na coluna nos Somos Mães de Primeira Viagem e participe do Curso para Gestantes SMPV, a próxima turma será no dia 28 de julho.

 
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Sobre o colunista

Fga. Haydée B. L. Zamperlini

CRFa. 2 - 3468
 

Especialista em Audiologia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia

Especialista em Motricidade Orofacial  pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia
Mestre em Distúrbios da Comunicação- Pontifícia Universidade  Católica de São Paulo  -  PUC-SP

Fonoaudióloga Clínica

Assessoria  Escolar

Palestrante do Curso de Gestantes Somos Mães de Primeira Viagem

Mãe do Flavio, do Augusto, da Marina e da Isabella